Aquarius

From Wiki
Jump to: navigation, search
Aquarius
Posição no Céu
Outra versão

Aquarius (Latim para portador da água) é uma constelação do zodíaco. O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Aquarii e a abreviação oficial adotada pela União Astronômica Internacional é Aqr; a constelação é conhecida em português como Aquário, o portador de água.

A região do céu em que ela se encontra é conhecida como o Mar ou a Água, devido à proximidade de constelações como Cetus, a Baleia, Pisces, os Peixes, e o rio Eridanus (Erídano). Este é, por vezes, representado como fluindo do vaso do Aquário. Os antigos viam, nessa constelação, a figura de um homem vertendo água de uma ânfora.

Na mitologia grega, a constelação representa o príncipe troiano Ganímedes.

Estrelas Tradicionais

  • α (Alfa), tem o nome próprio Sadalmalek , de uma expressão árabe que refere ” as estrelas da sorte do rei, ou reino ” , e apresenta uma Magnitude de 3.0. É uma estrela supergigante amarelada.
  • β (Beta), tem o nome próprio Sadalsud , da mesma expressão árabe que refere ” as estrelas da sorte do rei, ou reino “, mas especificando ” as de maior sorte de entre todas ” – de facto, esta designação englobava, não só a Beta de Aquário, como também 2 outras, uma delas na constelação de Capricórnio. É uma supergigante amarela de Mag. 2.9 .
  • γ (Gama), tem o nome próprio Sadachbia , de uma expressão árabe que menciona ” a estrela da sorte das tendas ” , visto que faz parte de um asterismo, hoje em dia conhecido como o ” Jarro de Água ” , que os Árabes identificavam como sendo uma ” Tenda ” no deserto. É uma estrela branca de Mag. 3.8.
  • δ ( Delta ), tem o nome próprio Skat , do árabe, significando ” canela ” ( da perna ) , pois assinala a perna da figura representada pela constelação. É uma anã branca de Mag. 3.3.
  • ε ( Épsilon ), tem o nome próprio Albali , de uma expressão árabe atribuída a um pequeno conjunto de estrelas e que refere ” aquele que engole ” – o significado torna-se obscuro pois os árabes visualizariam uma constelação diferente nesta área do céu. É uma anã branca de Mag. 3.8.
  • ζ ( Zeta), é uma dupla ( física ) famosa, de Mag. global 3.7, composta por duas estrelas brancas com Magnitudes 4.3 e 4.5 . Um telescópio de pequena abertura consegue mostrar as suas duas componentes individualmente.
  • λ ( Lambda ), tem o nome próprio Hydor , do árabe, significando ” Água ” , pois faz parte do braço de água que jorra do vaso que segura a figura da constelação. É uma estrela gigante avermelhada de Mag. 3.7 .
  • π ( Pi ), tem o nome próprio Seat , uma designação atribuída durante o Séc XVI , fruto da interpretação de uma expressão tradicional na cultura árabe, em nada relacionada com a constelação, que significa ” a estrela da sorte no que é misterioso ” . É uma estrela anã azulada de Mag. 4.7 .

Lendas

O carregador de água.

Os mapas de estrelas mostram Aquarius como um jovem derramando água de um jarro ou uma anfora, no entanto Ovid, em seu Fasti, apresenta que o líquido é uma mistura de água e néctar, a bebida dos deuses. A água do jarro é marcada por um conjunto de quatro estrelas em forma de Y centradas em Zeta Aquarii, e o fluxo de água termina na boca da constelação de Piscis Austrinus. Mas quem é o jovem celebrado como Aquarius? A identificação mais popular é que ele seria Ganymede ou Ganymedes, dito como o jovem mais belo que já existiu. Filho do rei Tros, que deu seu nome a Tróia. Um dia, enquanto Ganymede estava olhando as ovelhas de seu pai, Zeus o viu e ficou encantado com o menino pastor, desceu à planice de Tróia sob a forma de uma águia, capturou Ganymede e o levou até o Olimpo (ou, segundo algumas versões, enviou uma águia para busca-lo). A águia é celebrada na constelação vizinha de Aquila.

Em outra versão do mito, Ganymede foi primeiramente sequestrado por Eos, deusa da alvorada, que tinha uma paixão por homens jovens, e então Zeus o roubou dela. Ganymede se tornou o servidor de vinho dos deuses, servindo néctar de seu jarro, para o aborrecimento da esposa de Zeus, Hera. Robert Graves afirma que este mito tornou-se muito popular na Grécia antiga e Roma onde era tido como um endosso divino para a homossexualidade. A tradução latina do nome Ganymede deu origem a palavra “catamite” (que significa depravado).

Se este mito parece insubstancial para nós, talvez seja resultado da imposição de uma história grega sobre a constelação obtida de outro lugar. A constelação de um personagem derramando água parece ter representado anteriormente o deus egípcio do Nilo mas, como citado por Robert Graves, os gregos não estavam interessados no Nilo.

Germanicus Caesar identificou a constelação com Deucalion, filho de Prometheus, um dos poucos homens a sobreviver a grande inundação. ‘Deucalion pours forth water, that hostile element he once fled, and in so doing draws attention to his small pitcher’ (‘Deucalion derrama água, este elemento hostil, uma vez que ele fugiu, e assim ele chama a atenção para seu jarro pequeno’), escreveu Germanicus. Hyginus apresenta uma identificação adicional desta constelação com Cecrops, um antigo rei de Atenas, conhecido por fazer oferenda para os deuses usando água, pois seu reinado se deu antes da invenção do vinho.

Associações com a Astronomia Chinesa

Na astronomia chinesa, a formação do Jarro de Água no norte da constelação de Aquarius era conhecida como Fenmu, um local de sepultamento ou túmulo. Próximo a Fenmu, a atual Alpha Aquarii era unida a Theta e Epsilon Pegasi para formar Wei, o telhado de uma casa. Há três constelações chinesas cujos nomes foram romanizados como Wei, mas todos com significados diferentes. Wei é o qual a décima segunda mansão lunar foi nomeada. Beta Aquarii e Alpha Equulei formam Xu, um lugar de vazio e escuridão relacionado com o inverno e enterros. Ao sul de Fenmu, uma linha de quatro estrela incluindo Kappa Aquarii formam Xuliang, representando um mausoléu, aparentemente do Imperadores que partiram.

Iniciando ao sul de Pisces e cruzando Aquarius até Capricornus esta a constelação chinesa de Leibizhen, uma linha de estrelas incluindo Phi, Lambda, Sigma e Iota Aquarii que representam uma correte de fortificações para proteger os acampamentos militares do sul. O exército propriamente dito era Yulinjun, os Guardas Imperiais, um espaço grupo de 45 estrelas, a maioria delas em Aquarius, mas algumas também em Piscis Austrinus. Próximo a borda com Aquila estava Nu, quatro estrelas incluindo Epsilon Aquarii, representando uma criada. A décima mansão lunar era nomeada Nu após este grupo. Sobrepondo a borda com Capricórnio estava Tianleicheng, um grupo de 13 estrelas incluindo Xi e Nu Aquarii, representando um castelo com muralhas de terra.

Constelações

As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Pisces, Pegasus, Equuleus, Delphinus, Aquila, Capricornus, Piscis Austrinus, Sculptor e Cetus.