Horóscopo das Árvores

From Wiki
Jump to: navigation, search

Na antiga Gália, o povo vivia em estreita relação com imensas florestas. Elas forneciam a caça, troncos e madeira para construir as cidades, e representavam um refúgio seguro em caso de ataques de outros povos. Tal era a importância destas florestas que os druidas (classe sacerdotal gaulesa) criaram um horóscopo baseado nas árvores que ali cresciam. Para encontrar o seu signo, basta procurar a sua data de nascimento e localizar a árvore correspondente.

Períodos

  • 2 a 11 de janeiro - Cedro
  • 12 a 24 de janeiro - Quaresma
  • 25 de janeiro a 3 de fevereiro - Cipreste
  • 4 a 8 de fevereiro - Amoreira
  • 9 a 18 fevereiro - Coqueiro
  • 19 a 28 de fevereiro - Pinheiro
  • 1 a 10 de março - Salgueiro
  • 11 a 20 de março - Eucalipto
  • 21 março - Carvalho
  • 22 a 31 de março - Cajueiro
  • 1 a 10 de abril - Bambu
  • 11 a 20 de abril - Manacá
  • 21 a 30 de abril - Paineira
  • 1 a 14 de maio - Amoreira
  • 15 a 24 de maio - Mangueira
  • 25 de maio a 3 de junho - Acácia
  • 4 a 13 de junho - Seringueira
  • 14 a 20 de junho - Figueira
  • 21 de junho - Ipê
  • 22 de junho a 4 de julho - Goiabeira
  • 5 a 14 de julho - Cedro
  • 15 a 25 de julho - Quaresma
  • 26 de julho a 4 de agosto - Cipreste
  • 5 a 13 de agosto - Amoreira
  • 14 a 23 de agosto - Coqueiro
  • 24 de agosto a 2 de setembro - Pinheiro
  • 3 a 12 de setembro - Salgueiro
  • 13 a 22 de setembro - Eucalipto
  • 23 de setembro - Oliveira
  • 24 de setembro a 3 de outubro - Cajueiro
  • 4 a 13 de outubro - Bambu
  • 14 a 23 de outubro - Manacá
  • 24 de outubro a 2 de novembro - Paineira
  • 3 a 21 de novembro - Mangueira
  • 22 de novembro a 1 de dezembro - Acácia
  • 2 a 11 de dezembro - Seringueira
  • 12 a 20 de dezembro - Figueira
  • 21 de dezembro - Jacarandá
  • 22 de dezembro a 1 de janeiro - Goiabeira

Árvores

  • CARVALHO: as personalidades do Carvalho são belas e fortes. "Eu quebro, mas não envergo" é uma frase típica destas pessoas. No amor, elas têm uma leve tendência à infidelidade, mas, com o passar do tempo, acabam se tornando menos volúveis. De inteligência clara e precisa, as pessoas de Carvalho sabem onde pisam e dificilmente se enganam. Em geral, pertencem, à categoria dos observadores e realistas.
  • IPÊ: a criatividade do Ipê ajuda estas pessoas a nunca se perderem em discussões sem sentido. Em geral, são calmas e usam bons argumentos para convencerem os outros. Se não conseguem, deixam que o tempo se encarregue. Em relação ao amor, o Ipê também é calmo, embora tenha alguns problemas por causa de seu temperamento introvertido. As pessoas desta árvore pertencem à categoria dos imaginativos e fantasiosos.
  • OLIVEIRA: sábias e compreensivas, as pessoas das Oliveiras costumam ser atraentes e de personalidade marcante. Detestam a violência e nunca se intrometem na vida dos outros. Embora inteligentes e cultas, estas pessoas são as mais ciumentas do horóscopo, traço que tentam compensar por meio de um grande autocontrole. Devido a estas características, pertencem à categoria dos dedutivos e reflexivos.
  • JACARANDÁ: as pessoas desta árvore sempre estão envolvidas por uma auréola de mistério e magia. Costumam ser sofisticadas e, muitas vezes, excessivamente vaidosas. No amor, gostam de emoções intensas, relações pouco tradicionais e parceiros que se deixam dominar. Embora sejam generosos e sociáveis, nunca se entregam totalmente. Pertencem à categoria das pessoas imaginativas e fantasiosas.
  • GOIABEIRA: carinhosa e sensual, esta árvore é símbolo de pessoas românticas e muito afetuosas, que vivem para amar e serem amadas. São sinceras e leais, mas jamais se sentem satisfeitas nas suas relações afetivas. Detestam qualquer tipo de rotina e, por isso, costumam trocar de parceiro com muita facilidade. Pouco reflexivas, elas pertencem à categoria dos imaginativos e fantasiosos.
  • CEDRO: esta árvore gosta de ser o centro de todas as atenções, aprecia o luxo e não se importa de ser bastante egoísta. Da mesma maneira, as pessoas do Cedro são muito egocêntricas e detestam ser contrariadas. Ao mesmo tempo, são inteligentes e práticas, não gostam de se iludir à toa e sempre buscam satisfazer suas necessidades, tanto afetivas como econômicas. São dedutivas e reflexivas.
  • QUARESMEIRA: bonita e charmosa por natureza, a Quaresmeira é muito vaidosa, segura de seu poder de atração e, por vezes, bastante arrogante. Entretanto, sabe ser carinhosa e atenta com a pessoa que ama, principalmente se o parceiro se mostra muito envolvido. Tem senso de humor e sabe cultivar a harmonia familiar. Pertence à categoria dos observadores e realistas.
  • CIPRESTE: fortes e saudáveis, as pessoas do Cipreste costumam ser bons amigos e excelentes amantes. Gostam da vida no campo, de animais e de crianças. São joviais e versáteis, mas no amor mantêm-se fiéis a uma única pessoa. Embora possam ser afetuosas, têm sentimentos um pouco infantis e é difícil levá-los muito a sério. Pertencem à categoria das pessoas fantasiosas.
  • AMOREIRA: uma certa apatia e pessimismo atrapalham um pouco a vida dos nativos de Amoreira. Além disso, são pessoas muito orgulhosas e não gostam de pedir ajuda em nenhuma circunstância. Elas analisam e criticam, mas têm dificuldades em encontrar soluções reais para os problemas que se apresentam. Precisam de um pouco de coragem. Pertencem aos dedutivos e reflexivos.
  • COQUEIRO: bonitas e resistentes, as pessoas de Coqueiro lembram verdadeiros guerreiros, pois não se assustam com nada. Vivem o amor de maneira intensa, sem limites, dando sempre o melhor de si. São confiantes e bem-humorados, têm raciocínio ágil, costumam ser muito práticas, observadoras e realistas. Viver ao lado delas é sempre uma aventura.
  • PINHEIRO: requintadas e elegantes, as pessoas de Pinheiro costumam ter personalidade marcante e forte. Raramente se deixam abater e, mesmo nos piores momentos, sabem enfrentar as dificuldades e vencê-las. Muito voltadas para o amor, dedicam-se com entusiasmo à pessoa que amam. Pertencem à categoria dos dedutivos e reflexivos.
  • SALGUEIRO: o charme destas pessoas emana de uma estranha mistura de sensualismo e melancolia. Amam intensamente a natureza, são sociáveis e extrovertidas. Embora sejam muito românticas, as pessoas de Salgueiro não gostam de assumir compromissos rígidos. Quando amam, vivem intensamente todas as situações sentimentais. Pertencem à categoria dos imaginativos e fantasiosos.
  • EUCALIPTO: o lado forte das pessoas de Eucalipto é a inteligência. Em geral, são criativas, dinâmicas e sempre estão envolvidas em projetos arrojados ou inovadores. Embora pareçam ser muito calmas, mantêm constantemente uma agitação interior que, por vezes, as torna contraditórias. No amor, tendem a ser possessivas. Pertencem à categoria dos observadores e realistas.
  • CAJUEIRO: com grande capacidade de amar, sensíveis e carinhosas, as pessoas de Cajueiro são capazes de grandes sacrifícios para ajudar o próximo. Ao redor delas sempre há uma atmosfera mágica, que fascina a todos. Sutis e intuitivas, elas têm a capacidade de perceber as coisas bem antes do que as outras pessoas ou antes de que aconteçam. Pertencem à categoria dos imaginativos e fantasiosos.
  • BAMBU: abnegados e capazes de ajudar os outros em quase todas as situações, os nativos de Bambu mantêm boas relações com os mais variados tipos de pessoas. Porém, há um aspecto no qual são inflexíveis e muito complicados: quando não são retribuídos nos seus sentimentos, podem se tornar rancorosos e vingativos. Pertencem à categoria dos dedutivos e reflexivos.
  • MANACÁ: fortes e sadias, as pessoas de Manacá possuem um senso inato de justiça. Por isso, podem enfrentar muitos problemas e sofrer decepções. Sentimentalmente, preferem as relações calmas, seguras, sem conflitos e nas quais a fidelidade seja a base do convívio. Magoam-se com facilidade e não gostam de ser contrariadas. Pertencem à categoria dos dedutivos e reflexivos.
  • PAINEIRA: tímidas, caprichosas e generosas, as pessoas de Paineira são as mais contraditórias deste horóscopo. Às vezes, têm ótimo humor, outras, péssimo. São meigas e egoístas ao mesmo tempo; ciumentas e surpreendentemente indiferentes em relação a uma mesma pessoa; alegres e tristes. Para encontrar a felicidade, precisam viver com mais harmonia interior. São observadoras.
  • MANGUEIRA: as pessoas de Mangueira precisam de muito espaço, sol abundante, ar fresco, e muito, mas muito carinho. Carentes, elas se queixam demais da solidão (que às vezes nem sequer é real) e acusam os outros de coisas pelas quais só elas são responsáveis. Para viver melhor, estas pessoas precisam raciocinar um pouco mais. Pertencem à categoria das pessoas imaginativas e fantasiosas.
  • ACÁCIA: alegres, dinâmicas, boêmias e um pouco irresponsáveis, as pessoas de Acácia conquistam a todos com delicadeza e bom humor. São tão cativantes que ninguém consegue se irritar com elas, mesmo depois de terem cometido verdadeiros abusos. Também são ambiciosas e não admitem ser enganadas. Pertencem à categoria dos imaginativos e fantasiosos.
  • SERINGUEIRA: muito bonitas e frágeis, as pessoas de Seringueira se assustam com facilidade. Embora tenham valores excepcionais, não sabem exteriorizar seus bons sentimentos e muitas vezes são vistas como antipáticas ou pouco sensíveis. No amor, têm dificuldade para se entregar, mas, depois que adquirem confiança, tornam seus parceiros muito felizes. São dedutivas e reflexivas.
  • FIGUEIRA: estas pessoas jamais passam despercebidas. São sensíveis, fortes, seguras e extremamente sensuais. Porém, não suportam a menor adversidade. Quando estas ocorrem, elas perdem toda a calma e ficam completamente desorientadas. Como são lúcidas, devem aprender a se servir melhor do próprio potencial. São observadoras e realistas.