Difference between revisions of "A Maçonaria do país da Copa"

From Wiki
Jump to navigationJump to search
(Created page with 'A ordem maçônica entrou na África do Sul pela cidade do Cabo da Boa Esperança (Cape Town), com o patrocínio da maçonaria holandesa, sob a influência dos comandantes de nav…')
 
 
Line 1: Line 1:
 +
[[image:10-06-16-Freemason-Southafrica.jpg|300px|right|thumb|Maçonaria Sul-africana]]
 
A ordem maçônica entrou na África do Sul pela cidade do Cabo da Boa Esperança (Cape Town), com o patrocínio da maçonaria holandesa, sob a influência dos comandantes de navios da Companhia Holandesa das Índias Orientais, que utilizavam aquele porto como ponto de apoio e abastecimento, culminando com a fundação da “Loja Boa Esperança nº 12” (Lodge Goede Hoop), em setembro de 1772.
 
A ordem maçônica entrou na África do Sul pela cidade do Cabo da Boa Esperança (Cape Town), com o patrocínio da maçonaria holandesa, sob a influência dos comandantes de navios da Companhia Holandesa das Índias Orientais, que utilizavam aquele porto como ponto de apoio e abastecimento, culminando com a fundação da “Loja Boa Esperança nº 12” (Lodge Goede Hoop), em setembro de 1772.
  
 
Hoje a maçonaria sul-africana é representada pela Grande Loja da África do Sul (Grand Lodge Of South Africa), com sede em Johansburg. Conta com 83 Lojas, distribuídas em diversas cidades. A maior concentração de maçons está na cidade do Cabo (Cape Down), com 13 Lojas, seguida de Johansburg, com 6, Pretória com 4, Bellville e Durban, com 3 lojas, cada. É dirigida pelo Grão-Mestre Arminston Watson. Desfruta de reconhecimentos da maçonaria universal. No Brasil mantém relações com o Grande Oriente do Brasil e com as Grandes Lojas de Mato Grosso do Sul e de São Paulo.
 
Hoje a maçonaria sul-africana é representada pela Grande Loja da África do Sul (Grand Lodge Of South Africa), com sede em Johansburg. Conta com 83 Lojas, distribuídas em diversas cidades. A maior concentração de maçons está na cidade do Cabo (Cape Down), com 13 Lojas, seguida de Johansburg, com 6, Pretória com 4, Bellville e Durban, com 3 lojas, cada. É dirigida pelo Grão-Mestre Arminston Watson. Desfruta de reconhecimentos da maçonaria universal. No Brasil mantém relações com o Grande Oriente do Brasil e com as Grandes Lojas de Mato Grosso do Sul e de São Paulo.
 
[[category:Blogs]]
 
[[category:Blogs]]

Latest revision as of 17:51, 10 December 2010

Maçonaria Sul-africana

A ordem maçônica entrou na África do Sul pela cidade do Cabo da Boa Esperança (Cape Town), com o patrocínio da maçonaria holandesa, sob a influência dos comandantes de navios da Companhia Holandesa das Índias Orientais, que utilizavam aquele porto como ponto de apoio e abastecimento, culminando com a fundação da “Loja Boa Esperança nº 12” (Lodge Goede Hoop), em setembro de 1772.

Hoje a maçonaria sul-africana é representada pela Grande Loja da África do Sul (Grand Lodge Of South Africa), com sede em Johansburg. Conta com 83 Lojas, distribuídas em diversas cidades. A maior concentração de maçons está na cidade do Cabo (Cape Down), com 13 Lojas, seguida de Johansburg, com 6, Pretória com 4, Bellville e Durban, com 3 lojas, cada. É dirigida pelo Grão-Mestre Arminston Watson. Desfruta de reconhecimentos da maçonaria universal. No Brasil mantém relações com o Grande Oriente do Brasil e com as Grandes Lojas de Mato Grosso do Sul e de São Paulo.