Difference between revisions of "Benção do Sol (Bircat Hachamá)"

From Wiki
Jump to navigationJump to search
(Created page with 'Neste ano de 2009, dia 8 de abril, para quem está alinhado com a egrégora judaica, ocorrerá um evento silencioso de proporções astronômicas muito além da visão do olho nu…')
 
 
Line 29: Line 29:
  
 
É apropriado doar tsedacá neste momento. De frente para o leste recite:
 
É apropriado doar tsedacá neste momento. De frente para o leste recite:
 +
  
 
''Halelu’Yá, halelu et Adonai min hashamáyim, halelú’Hu ba’Meromim.''
 
''Halelu’Yá, halelu et Adonai min hashamáyim, halelú’Hu ba’Meromim.''
Line 68: Line 69:
  
 
Se o sol estiver completamente obscurecido, então a pessoa deve esperar até pouco antes do meio-dia, com a esperança de que o sol apareça. Se isso não acontecer, então pouco antes do meio-dia a bênção deve ser recitada – embora omitindo-se o nome de D’us (“Bendito sejas Tu que restabelece a obra da Criação”).
 
Se o sol estiver completamente obscurecido, então a pessoa deve esperar até pouco antes do meio-dia, com a esperança de que o sol apareça. Se isso não acontecer, então pouco antes do meio-dia a bênção deve ser recitada – embora omitindo-se o nome de D’us (“Bendito sejas Tu que restabelece a obra da Criação”).
 +
  
 
'''Cálculo'''
 
'''Cálculo'''
Line 74: Line 76:
  
 
(Lembramos que o dia do calendário hebraico tem início ao anoitecer do dia anterior).
 
(Lembramos que o dia do calendário hebraico tem início ao anoitecer do dia anterior).
 +
 +
[[category:Blogs]]

Latest revision as of 03:14, 27 October 2010

Neste ano de 2009, dia 8 de abril, para quem está alinhado com a egrégora judaica, ocorrerá um evento silencioso de proporções astronômicas muito além da visão do olho nu: tempo e espaço vão se realinhar.

Todo ano o sol percorre o ciclo completo, retornando ao seu ponto de órbita original. A cada 28 anos, porém, o sol retorna à posição exata onde estava na hora de sua criação – no início do quarto dia da Criação do mundo – na hora exata do dia e no mesmo dia da semana.

Uma bênção especial – chamada Bircat Hachamá, “a bênção do sol”, é recitada para assinalar este evento.

Devido à raridade desse acontecimento, a bênção é recitada costumeiramente com grande reunião de pessoas, homens, mulheres e crianças.

Neste ano, 5769, cumpriremos esta mitsvá especial na manhã de 8 de abril (a manhã anterior a Pêssach).

Como uma comunidade, faremos uma pausa para contemplar o sol e nos maravilhar com a complexidade e precisão da criação Divina.

Ao alimentar nossa gratidão pelos presentes que nos rodeiam, aumentamos nossa capacidade de encontrar júbilo a cada dia.

Portanto, compartilhe alguns momentos com milhares de judeus no mundo inteiro, quando bênçãos especiais serão pronunciadas em agradecimento a D’us por este impressionante universo que habitamos.

Esta bênção deve ser recitada preferencialmente no horário das 06h18 às 09h12 (hora solar de São Paulo).


Bircat Hachamá

Significa literalmente “a bênção do sol”. Seu texto:

“Bendito sejas, Eterno nosso D’us, Rei do universo, que restabelece a obra da Criação.”


BÊNÇÃO DE AGRADECIMENTO A D’US PELO SOL

É apropriado doar tsedacá neste momento. De frente para o leste recite:


Halelu’Yá, halelu et Adonai min hashamáyim, halelú’Hu ba’Meromim.

Halelú’Hu col mal’achav, halelú’Hu col tsevaav.

Halelú’Hu shêmesh veyarêach, halelú’Hu col cochevê or.

Halelú’Hu shemê hashamáyim, vehamáyim asher meal hashamáyim.

Yehalelu et shem Adonai, ki Hu tsivá venivráu.

Vayaamidêm laad leolam; choc natan velô yaavor.


Antes da bênção deve-se juntar os pés e olhar uma vez para o sol.

Após ter iniciado a bênção não se olha mais para o sol.


Baruch Atá Adonai, Elohênu Mêlech haolam, ossê maassê vereshit.


OBS: Se a pessoa perder esse horário, a bênção pode ser recitada até o meio-dia. Tecnicamente, você pode recitar esta bênção em qualquer local onde o sol esteja visível (de preferência de pé e ao ar livre).

O ideal, porém, é organizar grupos; celebre esta mitsvá especial com muitas outras pessoas!


Testemunharemos um fenômeno solar incomum nesta data?

Sob o ponto de vista astronômico, nada de incomum acontecerá. O sol, a lua, planetas e as estrelas não estarão alinhados em qualquer padrão específico. A configuração dos corpos celestiais nem sequer será semelhante com a maneira em que estavam na hora da criação.

Bircat Hachamá assinala o sol atingindo uma posição específica (e não incomum) – a mesma ocupada no momento de sua criação – no mesmo dia da semana em que foi criado.


E se o céu estiver nublado e o sol encoberto?

A bênção pode ser recitada desde que o sol possa ser avistado, mesmo que não claramente, mesmo se somente sua silhueta esteja visível através das nuvens.

Se o sol estiver completamente obscurecido, então a pessoa deve esperar até pouco antes do meio-dia, com a esperança de que o sol apareça. Se isso não acontecer, então pouco antes do meio-dia a bênção deve ser recitada – embora omitindo-se o nome de D’us (“Bendito sejas Tu que restabelece a obra da Criação”).


Cálculo

Segundo os cálculos astronômicos do sábio Shmuel, do Século Terceiro, a duração de um ano solar é 365,25 dias, ou 52 semanas mais 1 dia e 1.4. Então precisamente um ano após a criação, quando o sol retornou à sua posição original, seria 1 dia e 1.4 (um dia e seis horas) mais tarde na semana. Após dois anos, seriam 2 dias e 1.2 na semana. Somente depois de 28 anos, o sol retornaria àquela posição na mesma hora – no início do “quarto dia”; ou seja, no momento do pôr-do-sol de terça-feira.

(Lembramos que o dia do calendário hebraico tem início ao anoitecer do dia anterior).