Hexagrama 001110

From Wiki
Jump to navigationJump to search
001110.jpg

O nome do hexagrama significa "universal", "geral", e num sentido figurado, "influenciar", "estimular". O trigrama superior é Tui, o alegre; o inferior é Kên, a quietude. O rígido trigrama inferior, através de sua influência persistente e tranqüilizadora, estimula o fraco trigrama superior, que então corresponde alegre e animadamente a este estímulo. Kên, o trigrama inferior, é o filho mais moço; o trigrama superior, Tui, a filha mais moça. Assim está representada a atração mútua entre os sexos. No cortejar, o masculino deve tomar a iniciativa, colocando-se abaixo do feminino. Assim como a primeira parte do livro começa com o hexagrama do céu e da terra como fundamento de tudo o que existe, a segunda parte começa com o hexagrama que trata do cortejar e do casamento como fundamento de todas as relações sociais.

características

  • Número na Classificação de Rei-Wei: 31
  • Número na Classificação Mayhem: 14 (0+0+8+4+2+0)
  • Trigramas: Lago sobre Montanha

julgamento

  • INFLUÊNCIA.
  • Sucesso.
  • A perseverança é favorável.
  • Tomar uma jovem em casamento traz boa fortuna.

O fraco está acima, o forte abaixo, deste modo suas forças se atraem e eles se unem. Isso traz o sucesso, pois toda vitória baseia-se na atração mútua. A tranqüilidade interna, quando unida à alegria externa, faz com que a alegria não se exceda, mas permaneça dentro dos limites corretos. Este é o sentido da advertência: "a perseverança é favorável" _ pois é através da perseverança que se diferencia o seduzir do cortejar, no qual o homem forte coloca-se abaixo da jovem fraca, mostrando-lhe consideração. Esta atração entre os afins é uma lei universal da natureza. O céu e a terra atraem-se um ao outro e assim todos os seres vêm à existência. O sábio influencia os homens graças à atração que exerce sobre os seus corações, e assim o mundo alcança a paz. Pode-se reconhecer a essência de todos os seres no céu e na terra pelas atrações que exercem.

imagem

  • Um lago na montanha:
  • a imagem da INFLUÊNCIA.
  • Assim o homem superior, através da receptividade, incentiva as pessoas a que se lhe aproximem.

A montanha sobre a qual há um lago é estimulada pela sua umidade. Esta vantagem se deve ao fato de seu cume não sobressair, mas ser abaulado. A imagem recomenda que o homem se conserve interiormente humilda e livre, de modo a que possa permanecer receptivo aos bons conselhos. As pessoas logo desistem de aconselhar aqueles que julgam saber sempre mais que os outros.

Linhas móveis

linha móvel na primeira posição

001111.jpg
  • Seis na primeira posição significa:
  • A influência manifesta-se no dedo maior do pé.

Antes que um movimento se realize de fato, manifesta-se primeiro no dedo maior do pé. A idéia da influência está já presente, porém no momento não é aparente para os outros. Enquanto a intenção não produz efeitos visíveis, não tem importância para o mundo externo. Não leva nem ao bem nem ao mal.

linha móvel na segunda posição

001100.jpg
  • Seis na segunda posição significa:
  • A influência manifesta-se na altura da tíbia.
  • Infortúnio. Permanecer traz boa fortuna.

A canela segue o movimento do pé. Por si mesmo não pode nem avançar nem ficar parada. Sendo esse movimento dependente e sem autonomia, traz infortúnio. Deve-se esperar com paciência até que uma influência positiva estimule a ação. Assim se permanece livre de culpa.

linha móvel na terceira posição

001010.jpg
  • Nove na terceira posição significa:
  • A influência manifesta-se nas coxas.
  • Aderir àquilo que segue.
  • Continuar é humilhante.

Todo estado de ânimo do coração induz a um movimento. As coxas correm sem hesitar em busca do que aspira o coração. Elas se ligam ao coração, ao qual seguem. Em relação à vida humana, entretanto, não é correto agir precipitadamente, sob a influência de cada capricho; quando se torna contínua, essa conduta leva à humilhação. Três idéias são aqui sugeridas; não se deve correr atrás daqueles que se quer influenciar, porém, de acordo com as circunstâncias, é preciso saber se conter. Também não se deve ceder de imediato a todos os caprichos daqueles a quem se serve. E, finalmente, nunca se deve desprezar a possibilidade de conter os estados de ânimo do seu próprio coração, pois esta é a base da liberdade humana.

linha móvel na quarta posição

000110.jpg
  • Nove na quarta posição significa:
  • A perseverança traz boa fortuna.
  • O arrependimento desaparece.
  • Quando o pensamento de um homem se agita em inquieto vaivém,
  • só os amigos aos quais dirige seus pensamentos conscientes o seguirão.

O lugar do coração é aqui atingido. O impulso que daí parte é o mais importante. É decisivo que aqui a influência seja constante e benéfica. Então, apesar do perigo decorrente da volubilidade do coração humano, já não haverá motivo para remorso. Quando num homem atua o tranqüilo poder de seu próprio ser, os efeitos serão adequados. Todos os seres que forem perceptivos às vibrações de um tal espírito serão então influenciados. A influência sobre os outros não deve manifestar-se como um esforço consciente e intencional para manipulá-los. Devido a essa agitação consciente, o homem entra num estado de excitação e esse contínuo oscilar o esgota. Além disso, os efeitos, nesse caso, se limitariam àqueles aos quais ele dirigisse seus pensamentos conscientes.

linha móvel na quinta posição

011110.jpg
  • Nove na quinta posição significa:
  • A influência manifesta-se na nuca.
  • Nenhum arrependimento.

A nuca é a parte mais imóvel do corpo. Quando a influência manifesta-se aqui, a vontade permanece firme, e a influência não perturba, nem confunde. Por essa razão não há motivo para remorso. O que ocorre nas profundezas do ser, no inconsciente, não pode ser provocado nem impedido pelo consciente. Na verdade, não pode influenciar o mundo exterior aquele que é ele próprio insensível à influência.

linha móvel na sexta posição

101110.jpg
  • Seis na sexta posição significa:
  • A influência manifesta-se no maxilar,
  • na face e na língua.

A forma mais superficial de querer exercer influência sobre os outros é através da mera tagarelice, quando as palavras são vazias de sentido. Tal estímulo, produzido pela mera movimentação dos órgãos da fala, permanece necessariamente insignificante. Por essa razão o texto não traz qualquer referência à boa ou má fortuna.