Difference between revisions of "Oito de Taças"

From Wiki
Jump to navigationJump to search
 
Line 34: Line 34:
 
* [[Arcanos Menores]]
 
* [[Arcanos Menores]]
 
* [[Árvore da Vida]]
 
* [[Árvore da Vida]]
 +
* [[Ás de Taças]]
 +
* [[Dois de Taças]]
 +
* [[Três de Taças]]
 +
* [[Quatro de Taças]]
 +
* [[Cinco de Taças]]
 +
* [[Seis de Taças]]
 +
* [[Sete de Taças]]
 +
* [[Oito de Taças]]
 +
* [[Nove de Taças]]
 +
* [[Dez de Taças]]
 +
* [[Princesa de Taças]]
 +
* [[Cavaleiro de Taças]]
 +
* [[Rainha de Taças]]
 +
* [[Rei de Taças]]
 +
  
 
[[category:Tarot]][[category:Oito de Taças]][[category:Saturno em Peixes]]
 
[[category:Tarot]][[category:Oito de Taças]][[category:Saturno em Peixes]]

Latest revision as of 14:44, 4 March 2011

Tarot de Rider-Waite
Tarot de Marselha
Tarot Mitológico
Tarot de Toth

Representa uma clarividência decorrente de um julgamento equilibrado e seguro que, no entanto, o homem só consegue utilizar quando é estimulado a abandonar sua passividade.

  • Mental: Fixação nos pensamentos e idéias obsessivas.
  • Anímico: Afeição de dois seres que não se libertam de si mesmos.
  • Físico: Negócios estáveis, que vão bem, mas precisam evoluir. Saúde: estado doentio que persistirá se não forem tomadas providências.

Interpretações usuais na Cartomancia

  • Significa alegria, doçura, tumidez, honra, modéstia. Habitualmente a carta mostra o declínio de uma questão que foi considerada importante, mas é na realidade de pouca significação, para o bem ou para o mal. Grande alegria, felicidade, deleite.
  • Temor, modéstia, alegria, prazer, satisfação. Perigo de escândalos em amor, amores proibidos, paixões violentas, divórcio, mau casamento, perigo de sedução. É favorável aos negócios.

Interpretações de Ocultistas e Tarólogos

  • Arrien — Estagnação Emocional. Estar excessivamente cansado, esgotado, gasto, e exausto. Há necessidade de uma estrutura ou disciplina para impor alguns limites à extensão em demasia.
  • Cowie — Deixar o Conhecido e Ir em Direção ao Desconhecido. Abandono dos modos de pensar, valores ou residência antigos e ir em direção ao desconhecido.
  • Aleister Crowley — O Senhor da Indolência. Saturno em Peixes. O tempo e o pesar encobrem o prazer, e não há forças para reação. O próprio ápice do desagradável. Nada de bom. A rubéola do Misticismo Cristão.
  • Eakins — Águas Paradas. Um estado de retiro que é necessário e bom neste momento para se tornar claro. Recarregar-se e renovar os recursos dentro de um espaço protegido.
  • Fairfield — Avaliar Sentimentos. Refletir sobre os relacionamentos e o que se gosta ou não nos mesmos.
  • Greer — A capacidade de ir ao interior profundo para regenerar as energias. Retirar-se das atividades para dentro de si mesmo. Retirada ou dar um tempo. Esgotamento de energias. Autopiedade. Falta de senso de objetivo.
  • Noble — Um tipo de mudança inconsciente ocorre em um nível de sentimento muito profundo.
  • Pollack — Abandono de uma situação estável. É hora de ir adiante. Ou a recusa de abandonar uma situação mesmo sabendo que já se extraiu tudo que ela tinha para dar. Ou, a importância de manter-se em uma situação.
  • Sharman-Burke — O fim de uma coisa e o começo de outra. Deixar o passado para trás e abandonar uma situação por decepção ou desilusão. Aquele que busca não tem escolha a não ser abandoná-la em busca do que é certo.
  • Stewart — Excitação. Glória Formativa, Cascata de Energia. O Cardume Nadando. O poder do movimento fluido. O fluxo infinito de potencialidades. Reprodução, criação artística, a emoção do trabalho em formação. A cooperação de diversas potencialidades trabalhando em conjunto.
  • Waite — Em geral mostra o declínio de um assunto, ou que um assunto que já foi considerado importante, na verdade importa muito pouco, seja para o bem ou para o mal.
  • Walker — Perda. A tristeza inevitável ao abandonar algo que lhe foi de valor na passagem para uma nova fase da vida.
  • Wanless — Estagnação. Estado emocional quando as coisas chegaram a um ponto estático ou de quietude. Descanso e regeneração.
  • Riley — Progressão Emocional. Deixar para trás o conhecido pelo esconhecido e progredir em direção a sentimentos que são novos, diferentes e que de alguma forma mudaram.

Ver Também