Um ano de Teoria da Conspiração! Faltam 4.

From Wiki
Jump to navigationJump to search
080707-illuminati-dollar.jpg

Parece que foi ontem.

No final de Julho de 2007, eu estava palestrando em Fortaleza no SANA, o maior evento de Anime do Nordeste, para cerca de 200 pessoas, entre elas, o eightbits, sobre a visão Templária sobre a vida de Jesus Cristo. Depois de quase 3 horas de palestra (originalmente eram 2 horas, mas a conversa foi se ampliando e o público não queria deixar o auditório de jeito nenhum), quando finalmente conseguimos nos desvencilhar da turba, conseguimos ser apresentados e o convite: “Del Debbio, o que você acha de escrever sobre estas coisas no Sedentário?”.

E foi assim que tudo começou… Confira abaixo os números de uma das maiores colunas blogueiras do Brasil e os planos para dominar o mundo até 2012.

Naquela época, eu não fazia idéia do tamanho ou da importância que o “Sedentário e Hiperativo” tinha. Eu já acompanhava o site, mas minha interação com o “mundo blogueiro” era praticamente zero. Eu escrevia resenhas de filmes e livros para o Sobrecarga, um dos sites mais legais de cultura pop que já existiram, mas quase não tinha tempo para acessar a internet.

Muita gente pergunta “O que o tio Marcelo faz da vida fora do Sedentário?”. Bem, sou arquiteto de formação com especialização em semiótica e história da arte e naquela época estava trabalhando no meu mestrado há alguns anos, escrevendo uma Enciclopédia de Mitologia sozinho (é, foi isso que vocês leram… eu escrevi uma enciclopédia com mais de 7.200 verbetes sozinho… como eu digo nas reuniões do A.’. A.’. – boa noite, meu nome é Marcelo e eu sou workaholic!)*.

Paralelamente, eu dava cursos de Astrologia Hermética, Kabbalah, Tarot e Runas para grupos iniciáticos, lojas maçônicas e capítulos rosacruzes ou templários, além de algumas outras ordens do Caminho da Mão Esquerda. Claro que estar envolvido com Ordens Iniciáticas desde os meus 15 anos ajudou bastante nesta busca pela ciência e pelo conhecimento. Uma das coisas mais importantes de se estudar a fundo ritualística e religião de TODAS as religiões e TODAS as ordens iniciáticas ao mesmo tempo é que se adquire uma visão de conjunto que os membros destas ordens normalmente não possuem:

Acompanhem o raciocínio: os Veneráveis Mestres da maçonaria não entendem muita coisa de hinduísmo; meus professores de yoga não estudam mitologia grega; meus professores de História Antiga não reconhecem ou compreendem a magia das religiões africanas; meus babalorixás não sabem nada de Thelema e os thelemitas não entendem lhufas de semiótica; meus professores acadêmicos da USP não são rosacruzes, os fraters e sororers não praticam xamanismo; os xamãs, magos celtas, wiccas e bruxos que conheço não freqüentaram o pró-vida; os discípulos do Celso Charuri não lidam com magia indígena; caciques não praticam kung-fu ou chi-kung; os professores de kung-fu não conhecem runas e ritualística Nórdica; meus amigos da Asatru Vanatu odeiam o satanismo; meus conhecidos luciferianos não estudam catarismo e teurgia; os cátaros e templários não estudam acupuntura; terapeutas holísticos desconhecem a Kabbalah; rabinos não estudam Tarot; os tarólogos não são céticos o suficiente e os céticos não conhecem chongas de mitologia. Estudiosos de mitologia não conhecem a magia do caos e kaoístas não querem saber das religiões mainstream; os monges budistas, padres católicos e especialistas no alcorão não fazem sexo e minhas professoras de tantra e magia sexual não podem entrar na maçonaria!

Ou seja, de alguma forma, sempre estive no centro de muitas filosofias e ritualísticas ditas “diferentes” e que, em sua essência, fazem parte da MESMA COISA. Apenas seus praticantes não conseguem enxergar isso porque se especializaram demais. Com sol em virgem e lua em gêmos, sempre foi muito claro para mim que deveria colocar ordem nesta multiplicidade.

Desta maneira, boa parte da minha vida tem sido dedicada a divulgar o ceticismo e as ciências herméticas, tentando compartilhar um pouco do conhecimento com o maior número de pessoas que eu conseguir acordar. Claro que muitos dos meus colegas (do caminho da mão esquerda, que seja claro!) acharam um absurdo “perder meu tempo com esse gado que só quer ver fotos de mulher pelada” e que eu deveria escrever para algum site “sério”, de preferência em uma comunidade fechada. Oras… escrever sobre ocultismo para iniciados é fácil, debater filosofia em uma loja maçônica é fácil, ensinar Astrologia hermética em um capítulo rosacruz é fácil… difícil é levar o conhecimento até as massas. E aceitei o desafio, sabendo que as pessoas que já possuíam algum vínculo com o ocultismo de outras vidas certamente dariam um jeito de chegar até as colunas. Basta confiar na egrégora. E o resultado, como eu já sabia pelo Tarot, foi extremamente positivo.

Números de um ano de Teoria da Conspiração, fechados as 11h11 do dia 11 de agosto.

  • 76 posts
  • 1.456 emails recebidos
  • 7.741 comentários nos posts
  • 818.948 pageviews, sem contar os 6.180 RSS feeders
  • Matéria mais vista: “Zeitgeist”
  • Matéria com mais comentários: “Bota o natal na conta do Papa”
  • pessoa que mais comentou no blog: Thahy, do Intensidade (menções honrosas para o TH13, Kentaro Mori e para o Albert Pike no quesito “sem oposição não há crescimento”).
  • mais de 200 pessoas realizaram o Sefirat ha Omer graças à coluna.
  • 2.012 membros na Comunidade do Orkut
  • cerca de 700 downloads dos textos da coluna em PDF feita pelos
  • Uma infinidade de reproduções dos textos em blogs, emails, fóruns, comunidades e correntes.
  • 46.682 buscadores no meu outro Blog Conspiratório Ocultista
  • Inaugurei um RSS Feeder para o outro blog.
  • Média de 400.000 TVs ligadas em cada um dos 3 programas do Superpop.