Antlia

From Wiki
Antlia
Posição no Céu

Antlia, a Máquina Pneumática, é uma constelação do hemisfério celestial sul. O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Antliae. Antlia é uma das muitas constelações introduzidas por Nicolas Louis de Lacaille para preencher o hemisfério meridional. A constelação comemora a bomba de ar que tinha sido inventada recentemente por Robert Boyle. Antlia localiza-se em uma parte bastante deserta do hemisfério meridional.

Estrelas Tradicionais

Nenhuma

Lendas

Antlia é uma das constelações do céu austral introduzidas por Nicolas Louis de Lacaille, no seu mapa de 1756, para simbolizar a física experimental. Ele originalmente a chamou de “La Machine Pneumatique”, mas Latinizou esta para “Antlia Pneumatica”, na segunda edição do mapa publicado em 1763. Lacaille a retratou como o cilindro único da bomba pneumática usada pelo físico francês Denis Papin, durante o início dos anos 1670, pelas suas experiências em vácuo, publicadas como “Expériences du Vuide” em 1674.

Em 1675, Papin mudou-se de Paris para Londres, onde trabalhou com o físico irlandês Robert Boyle. lá, Papin desenvolveu a eficiente dupla de cilindro para bomba pneumática, sendo um desses tipos de bomba que foi representado, posteriormente, por bode em Uranographia. Uma bomba de ar deste tipo é descrito em ação, na pintura intitulada “An Experiment on a Bird in the Air Pump” por Joseph Wright de Derby (1768).

Não há lendas associadas a esta constelação e ela não contém estrelas brilhantes e outros objetos dignos de nota. Seu nome, entretanto, é ótimo para pegar descuidados, devido ao fato que é freqüentemente mal escrito, como “Antila”.

Constelações

As constelações vizinhas são Hydra, Pyxis, Vela e Centaurus